A maioria das pessoas não sabe que as oleaginosas (castanhas e sementes) são uma grande fonte de contaminação por fungos e toxinas, e a sua forma de ser armazenada muda por COMPLETO as suas propriedades e benefícios.

Então aqui vão algumas dicas práticas:

  • 👉🏼Evite comprar oleaginosas a granel. O ideal são as que vêm seladas à vácuo. Mas se comprar à granel, pergunte qual a data delas e principalmente, nunca compre castanhas quebradas (que geralmente são mais baratas). Oleaginosas quebradas são contaminadas por fungos!

 

  • 👉🏼Primeira coisa que deve fazer ao chegar em casa: retire-as de qualquer embalagem plástica e coloque em vidros que você possa fechar bem. Se o vidro for escuro, melhor ainda. (PS: eu reaproveito os vidros de óleo de coco, manteiga ghee, mostarda, etc… e uso para guardar as minhas castanhas. Assim fazemos um bem para o nosso corpo e para a natureza).

Eu ainda sempre as armazeno em GELADEIRA, pois diminui a chance de contaminação fúngica, mas apenas de não estarem expostas à luz e em lugar seco e fresco já é muito bom.

  • 👉🏼Em preparações como leites ou receitas, deixe-as de molho em água pelo menos 4h, desprezando esta água que retêm muitas das toxinas (como ftalatos), e usando-as em seguida.

 

  • 👉🏼Você pode comprar farinhas de nuts prontas, mas é ainda melhor se você as comprar inteiras e moer em processador ou liquidificador, pois assim como as castanhas partidas vão oxidando e sendo contaminadas por fungos, com as farinhas ocorre o mesmo processo.

Espero que tenha ajudado!

Lembrando: cada um em seu ritmo, mas quanto mais informações temos sobre a nossa saúde e alimentação, melhores são nossas escolhas e nossa qualidade de vida!

Comentários Facebook
Facebook
Facebook
Instagram
YouTube
YouTube

Todos direitos reservados a Dra Thaisa Albanesi       (11) 4371-2786

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial