Não está mais tendo bons resultados ao seguir uma alimentação de baixo carboidrato?! (na realidade, como já escrevi aqui, é a alimentação moderna que é baseada em excesso de carboidratos, e diminuí-los não é “moda”, e sim, o equilíbrio que o corpo precisa).

Entenda, você pode estar cometendo alguns deslizes!

✖Excesso de PROTEÍNAS.

Lowcarb não é dieta hiperprotéica!

O consumo saudável de proteínas (respeitando a individualidade de cada pessoa) varia de 20 a 30% das suas calorias diárias. O excesso de proteínas, que muitos não sabem, estimulam a produção de INSULINA assim como os carboidratos.

✖Consumo de EMBUTIDOS, QUEIJOS e LÁCTEOS.

Não é porque tem baixo carboidrato que comer bacon, linguiça, presunto, queijos e creme de leite com frequência fazem parte de uma alimentação saudável. Consumi-los com parcimônia e optando pelos de melhor qualidade é mais do que prudente.

Muitos inclusive falam que fazem “dieta paleolítica” e consomem diariamente esses produtos, mas vale relembrar que o homem das cavernas NÃO comia queijo, creme de leite, nem presunto ok!

✖Consumir poucos VEGETAIS E FOLHAS.

A base de uma alimentação saudável e de baixo açúcar tem que ser “plantbased”, ou seja, ter uma riqueza de folhas e legumes e vegetais de baixo amido (ex. brócolis, couve-flor, vagem, quiabo, aspargos, berinjela, abobrinha, couve de bruxelas) pois é a partir destes alimentos que obtemos a maior parte dos micronutrientes essenciais para o seu correto funcionamento.

O ideal é que aproximadamente 50-60% do seu prato seja constituído destes grupos.

✖Excesso de GORDURAS.

Quando trocamos o combustível do corpo, ao invés de usar açúcares como fonte de energia, é essencial que se tenham gorduras suficientes para mantê-lo em sua melhor performance. As gorduras são fundamentais para produção hormonal, energia física e mental, anti-inflamação e etc…

Porém, isto significa ingerir as gorduras naturais dos alimentos: das carnes, peixes, frango, oleaginosas, óleos naturais (coco, abacate, azeite, de nuts), dos ovos, dos frutos ricos em gorduras, como abacate, açaí e coco.

Utilizar gorduras como manteiga e banha de porco, opções que são saudáveis, tem que ser também com parcimônia, pois o excesso de gorduras acrescentadas aos alimentos, assim como excesso de consumo de castanhas, ou de queijos, pode fornecer um extra que o seu organismo não precisa porque já está obtendo de outras fontes, e neste caso, você vai acumular!

Espero que tenham gostado!

Comentários Facebook
Facebook
Facebook
Instagram
YouTube
YouTube

Todos direitos reservados a Dra Thaisa Albanesi       (11) 4371-2786

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial