Uma dieta Cetogênica é caracterizada pela baixa ingestão de carboidratos é vista de diversas formas atualmente, é possível encontrar muitas informações, depoimentos, pesquisas, vídeos e artigos a respeito desse estilo de vida.

Essas dietas são vistas como o milagre para o emagrecimento, sendo assim, nem sempre são levadas a sério por diversas pessoas caracterizando-a como apenas mais uma restrição alimentar.

Nesse artigo você encontrará informações importantes para desmistificar essas questões e avaliar como uma Dieta Cetogênica vai muito além do emagrecimento.

Ao contrário do que muitos dizem, não é mais uma nova dieta, ela existe desde a década de 1920, quando foi utilizada para o tratamento de epilepsia pelo médico Dr. Wilder Penfield com muito êxito. A epilepsia é uma doença crônica na qual um terço dos indivíduos evoluem não sendo possível o tratamento com medicamentos.

 

DIETA CETOGÊNICA

É baseada na baixa ingestão de carboidratos e aumento no consumo de gorduras levando a produção de corpos cetônicos (acetoacetato, acetona e 3-hidroxibutirato), essa produção ocorre quando os níveis de ácidos graxos (gorduras) estão elevados no organismo. 

Os corpos cetônicos são utilizados pelo organismo como fontes de energia inclusive do cérebro, o organismo utiliza a gordura e os corpos cetônicos como fonte de energia ao invés do carboidrato ( na qual é sempre o primeiro substrato a ser utilizado como fonte de energia, devido a isso é importante reduzir drasticamente a ingestão) favorecendo o emagrecimento e conferindo os diversos benefícios a saúde.

 

Para iniciar uma dieta cetogênica é importante conhecer os alimentos e identificar os que devemos dar preferências como as proteínas animais (carnes, peixes e ovos), vegetais e reduzindo o consumo de carboidratos como pães, frutas de alto índice glicêmico, farinhas, macarrão, pães e açúcar evitando ocorrendo a baixa liberação de insulina pelo organismo promovendo uma eliminação de gordura corporal.

 

 

 

 

PARA A EPILEPSIA

Quando submetido a uma dieta cetogênica, ocorre um equilíbrio de componentes naturais do organismo muito importantes presentes na MEMBRANA CELULAR, os ácidos graxos (gorduras) presentes em todas as células do corpo humano como do coração e até mesmo do sistema nervoso central.

Essas moléculas de ácidos graxos possuem a capacidade de modular os canais de potássio (nutriente muito importante para o processo de contração muscular), sendo essencial no tratamento de doenças como a epilepsia.

Em 2015 foi lançada uma pesquisa pelo Departamento de Reabilitação da Paralisia cerebral da Universidade Zhengzhou , na China relacionada aos efeitos da dieta para o tratamento da doença em crianças concluindo que a mesma influencia o melhor desenvolvimento neurocomportamental, sendo efetiva e segura para utilização.

Em nossa prática clínica do consultório não recomendamos que ninguém viva de dietas e restrições, e sabemos pela individualidade que o que é bom para uma pessoa, não necessariamente trás os mesmos benefícios para outra. Porém entender o papel dos alimentos e o como eles interferem em nossa saúde, é fundamental para uma vida plena e para o reequilíbrio da nossa saúde.

 

Por | Dra. Thaisa Albanesi e Dra. Mayara Moraes.

REFERENCIAS:

NONINO-BORGES, CB; BUSTAMANTE VCT; RABITO EI; ET AL. Dieta cetogênica no tratamento de epilepsias farmacorresistentes. Rev. Nutr. vol.17 no.4 Campinas Oct./Dec. 2004 – http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732004000400011

http://jornal.usp.br/atualidades/dieta-cetogenica-e-usada-no-tratamento-da-epilepsia/

STAFSTROM C; RHO JM. The Ketogenic Diet as a Treatment Paradigm for Diverse Neurological Disorders. Published online 2012 Apr 9. Prepublished online 2012 Jan 25 – https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3321471/

VINING EP; FEEMAN JM; BALLABAN GK. A multicenter study of the efficacy of the ketogenic diet. Arch Neurol. 1998 Nov;55(11):1433-7.- https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/9823827/

KORSHOLM K, LAW I. Effects of a ketogenic diet on brain metabolism in epilepsy. Clin Nucl Med. 2013 Jan;38(1):38-9. doi: 10.1097/RLU.0b013e31827082c4. – https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23242044

MASINO AS; RHO JM. Mechanisms of Ketogenic Diet Action. Bethesda (MD): National Center for Biotechnology Information (US); 2012. – https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22787591

Comentários Facebook
Facebook
Facebook
Instagram
YouTube
YouTube

Todos direitos reservados a Dra Thaisa Albanesi       (11) 4371-2786

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial